BRINCO CAÍDO ? 5 DICAS PRA RESOLVER O PROBLEMA !!

SEU BRINCO FICA CAÍDO ??

É muito comum receber aqui na loja pessoas com essa queixa, principalmente as que amam um MAXI BRINCO.
Por isso, é bacana proteger a orelha evitando que o lóbulo vá “rasgando” com o passar do tempo...
A primeira coisa é identificar seu "tipo" de orelha e ir observando o lóbulo e o furinho. Há lóbulos mais gordinhos que suportam peças mais pesadas e outros mais finos, que já ficam repuxados mesmo com brincos pequenos.
Com o passar do tempo o "furinho" vai cedendo e pode até romper totalmente, formando a chamada ORELHA BÍFIDA.

Pra te ajudar a não ficar sem brincos pesquisamos e testamos algumas soluções sugeridas.
Borá lá ver o que a gente descobriu .....
1 - Essa dica vale pra todo mundo: Não durma de brinco !
Mesmo os pequenininhos, ao se movimentar o brinco vai enroscando aqui e ali e alargando o furo sem você perceber.





2 - Tarraxa com reforço em silicone. 

Testamos o mesmo brinco com uma tarraxa tradicional em metal e com a de silicone.



Notem que com a tarraxa tradicional o brinco pequeno fica caído, neste caso porque o lóbulo é mais magrinho. 



Já com a tarraxa de silicone reforçada o brinco fica bem posicionado e você não precisa apertar a tarraxa contra a orelha  :)


3 - Adesivos - Lobe Wonder ou Micropore
Parece um contact um pouco mais grosso e promete levantar o furo até para brincos de anzol. Testamos essa marca aí da foto. Você deve colocá-lo na parte de trás da orelha e furar o adesivo com o brinco. Cuidado para não furar a pele, pois com o adesivo colado na orelha fica meio difícil saber o que é pele e o que é adesivo... aff. 

As fotos falam por si... aqui não funcionou nem esteticamente e nem na sensação de peso. Talvez para quem já tem a orelha bem rasgada, ajude um pouco...



Com esparadrapo tipo micropore faça você mesma um "suporte" cortando um círculo de esparadrapo incolor e cole na parte de trás do lóbulo. Ao colocar o brinco fure o esparadrapo com o próprio pino do brinco. 
Testamos e o resultado é bem parecido com o lobe wonder, talvez um pouco melhor pois o esparadrapo é mais fácil de furar. 



4 - Evite usar brincos pesados com a orelha inflamada
Se sua orelha ficou inflamada ou infeccionou por algum motivo, alergia ou trauma, cuide bem do furinho antes de colocar o brinco novamente. Às vezes vale deixar só um brinquinho bem fininho e leve pra manter o furo aberto e fazer o tratamento indicado direitinho.

5 - Correção Cirúrgica ou Lobuloplastia 
É uma cirurgia plástica reparadora capaz de corrigir furos que se alargaram demais ou rasgaram totalmente. Existem várias técnicas para a realização desta cirurgia, sendo que a mais indicada para cada caso será escolhida pelo médico. Na maior parte dos casos a cirurgia é feita com anestesia local, o paciente vai pra casa no mesmo dia e volta as atividades normais no dia seguinte.
Olha como fica bom !! Parece que vale muito a pena ....

E aí, gostou das dicas ?

Por aqui nossa conclusão foi a seguinte:
Se você já tem a orelha mais molinha e seu furinho está meio frouxo ou rasgadinho, prefira brincos leves, de pino e use uma boa tarraxa de sustentação.
(parece até que eu tô falando de sutiã kkkk)

Se o furinho já era, rasgou, os adesivos podem ajudar a manter o brinco na orelha.
Mas se preferir resolver definitivamente o problema, procure um cirurgião plástico ou dermatologista pra uma avaliação.

E o que a Coisas Lindas faz pra te ajudar além desse bla bla bla todo ?

Estamos sempre a procura de peças pra te deixar linda e confortável. 
Pensando nisso a nossa Coleção MAXI LEVE traz brincões bem levinhos pra incrementar a produção sem pesar.
Vem conferir e não esqueça de pedir seu "silicone de orelha", heim !!





Obrigada pela companhia e até a próxima!!


#vempracoisaslindas


Rua Ipanema, 204  -  B. Anchieta
São Bernardo do Campo - SP
lojacoisaslindas@gmail.com
WhatsApp: (11) 96326-7244





Comentários

Postagens mais visitadas