quarta-feira, 8 de junho de 2016

UM SALTO FEMINISTA - pelo direito de usar flats...

Não importa se no Festival de Cannes, no casamento da sua melhor amiga ou aí na empresa onde você trabalha; uma coisa é certa: nenhuma mulher deveria ser obrigada a usar sapatos de salto.

E não me venham com comparações com a famigerada gravata; gravata não deforma a coluna e nem provoca acidentes, embora é fato que usar terno e gravata em dias escaldantes também é desumano... Ser feminista é antes de tudo ser humanista, ter empatia, conseguir se colocar no lugar do outro. Portanto migo, se você se sente prejudicado por alguma convenção social, lute contra ela, nós te apoiamos.
Lute como uma garota!!!

Eu mesma já não uso salto há uns booooons anos. Muitas vezes quando mencionava essa minha abstinência bendita e voluntária, alguma amiga respondia: ah, mas é porque vc não "PRECISA".
E eu pensava, ora, quem precisa de um calçado com até 15 cm de desnível entre os dedos e o calcanhar???

Usar um sapato de salto deveria ser uma questão de escolha, mas (olha que absurdo!!!) não é...


Vocês viram a matéria que saiu no Hypeness?
Segue um trecho:
"Tudo começou quando a britânica Nicola Thorp foi mandada de volta pra casa por se recusar a usar salto alto no trabalho. Indignada, a atriz criou uma petição no parlamento do país para impedir que as empresas façam exigências quanto a esse tipo de calçado. A iniciativa viralizou rapidamente e em quatro dias o documento já tinha mais de 120 mil assinaturas. Agora, a questão terá que ser discutida pelas autoridades.
A discussão ganhou ainda mais força com a última edição do Festival de Cannes. Depois de muitas reclamações após a edição do ano passado, quando algumas atrizes foram barradas por usarem flats, neste ano os protestos foram além e Julia Roberts, Kristen Stewart, Sasha Lane fizeram questão de passar descalças pelos seguranças e posar sem sapatos para as fotos. Arrasaram garotas! 
 A decisão veio também em sintonia com a denúncia feita por uma garçonete, que postou nas redes sociais uma foto de seus pés machucados por ser obrigada a usar salto no trabalho."


Doidera né???
Bem, o restante desta história é a gente que vai escrever, 
nos próximos dias, meses e anos.
Nós aqui aqui da Coisas Lindas já entendemos a 
importância do empoderamento feminino, e vc?
Pra que passar a vida sendo oprimida por uma convenção social que além de te machucar ainda pode te lesar? 
E pra terminar fico com a frase final da matéria do Hypeness:
"Nada contra você miga (sua loka) que ama salto, a ideia é mesmo que cada uma de nós possa se vestir como bem entende sacou?"


E você, já aboliu alguma convenção em nome do feminismo? 
Conta pra gente como foi!!

Um abraço e até a próxima.
Fabi.




2 comentários:

  1. Fabi, que legal o post da Coisas Lindas, eu estou com você. No interior é comum as pessoas usarem salto, porque se sentem mais arrumadas, eu tinha um complexo por ser baixinha e desde então o salto passou a fazer parte da minha vida, até que um belo dia conheci o tênis e a sapatilha e aí mesmo que pensei: se existe conforto, para que eu vou ficar sofrendo em cima dessa joça?? Rss. Me libertei e sou muito mais feliz, graças ao feminismo nosso, que se faz a cada dia.

    Beijos.

    Dani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Dani, são tantas "joças" das quais a gente precisa se libertar né? E a gente está conseguindo, vamos em frente! VIVA!!! Um beijo :)

      Excluir