PRA FAZER SUA CABEÇA: CHAPÉUS !!



Uma coisa é fato: 

brasileiros não têm hábito de usar chapéus.


Nos anos 20 eram bem comuns mas caíram em desuso. Entretanto, não podemos negar que a moda está voltando, ainda meio tímida, mas vem ganhando força a cada estação. Atualmente, quem usa chapéu é considerado mais ousado no que diz respeito ao visual. O que não deixa de ser verdade.


Incluir esse acessório na produção é garantia de sucesso.
Pra enfeitar ou pra proteger eles são ótimos aliados pra deixar o visual mais interessante.



Muitos deixam de usar porque não sabem como combinar ou com que tipo de look ou ocasião eles devem ser usados. No verão e cidades litorâneas eles aparecem nos looks com maior frequência pela necessidade de se proteger do sol sem perder o estilo. Mas agora que o friozinho está chegando também é uma ótima oportunidade de incluir um chapéu no visual.


Reunimos informações de alguns blogs e estilistas e, ai vão as dicas...

Onde e quando usar:

Sim para:
Eventos de dia e ao ar livre como casamentos, almoços, festas beneficentes, chás;
Festivais e shows que aconteçam de dia;
Passeios durante o dia em dias de frio ou ensolarados;
Praia e Campo.


Não para:

Na mesa para comer;

Locais fechados como teatro, cinema, shows;

Locais de trabalho, a não ser que seja um chapéu de segurança ou faça parte do uniforme;
Jantares ou outros eventos em ambientes fechados;
Na igreja e outros templos religiosos.

Tipos de chapéu: como usar cada modelo

Chapéu Panamá

O chapéu panamá, ao contrário do que o nome diz, não vem do Panamá, sua origem é equatoriana. O modelo é tradicionalmente claro com tramas fechadas feitas com a palha da planta Carludovica palmata. Este é um chapéu que combina com o estilo de vida brasileiro e, por isso é tão popular por aqui. É ótimo para usar na praia e dá um toque de menina praiana. Esse é o modelo ideal para mulheres que tenham um estilo mais esportista, casual ou preppy.


Chapéu Fedora


O modelo fedora é bem semelhante ao panamá, o que o distingue é o material. O chapéu fedora é ideal para fazer diversas combinações porque é um modelo unissex, bastante democrático e combina com muitos estilos. Combine o chapéu com calças e saias longas. Se quiser deixar o look mais diversificado, aposte em um vestido delicado.


Chapéu Coco


Originário do final do século XIX, o chapéu coco tem a copa mais redonda e as abas bem curvadas. Também é um chapéu utilizado pelos homens, principalmente em situações formais, logo após a Primeira Guerra Mundial. O chapéu coco requer estilo para ser usado, mas se você quer criar um look mais despojado o modelo fica perfeito. Use em ocasiões como passeios, shows e festivais e deixe seu look, tanto o de inverno quanto o de verão, com uma cara mais grunge.

Chapéu Clochê



O mais romântico entre os modelos, seu formato é semelhante ao sino e se caracteriza por ter as abas caídas. Referência em qualquer guarda-roupa romântico, o chapéu clochê deve ser usado se você quiser deixar o seu visual com cara de menininha. A maioria dos modelos ainda acrescentam laços e cores delicadas para combinarem mais com esse estilo. Use em eventos noturnos que pedem um visual mais delicado.

Chapéu Floppy


Com abas grandes e copa bem arredondada, o chapéu floppy é romântico e despojado ao mesmo tempo. Muito usado pelos hippies nas décadas de 60 e 70, o modelo é o queridinho entre várias mulheres e super usado em festivais. Seu clima hippie-chic, traz ao visual um toque de elegância. Ele é ótimo para climas mais quentes, basta saber escolher o modelo que irá usar. Também fica perfeito em looks para dias frios, com casacões e peças mais pesadas. O importante é combiná-lo de forma adequada e equilibrada no look.

Qual modelo de chapéu combina com você ?



A primeira dica antes de comprar a peça é tamanho adequado. Para descobrir qual a medida ideal para você, basta pegar uma fita métrica e dar uma volta na cabeça, na altura da testa, cerca de dois dedos acima da ponta da orelha. Pronto, o resultado é o tamanho que você deve comprar.



Usar chapéu também tem suas regrinhas. Se você é baixinha, fuja dos que tem aba muito grande. O mesmo vale para quem tem rosto pequeno. Já as grandonas podem abusar das abas, uma vez que os menores não vão nem aparecer. Magrinhas e cheinhas também devem ficar de olho nessa regra; aba pequena para a primeira e maior para a segunda. Assim não tem como errar.

Evite acessórios que vão disputar a atenção com o chapéu, como brincos e colares muito grandes. Eles podem sim fazer parte da produção, mas seja crítica e veja se não está com elementos demais próximos à sua cabeça. Na dúvida, fique somente com o chapéu.

Se sua intenção é causar, então use o chapéu como contraste. Agora, se quer somente como um complemento, faça a inversão de cores, ou seja, se a roupa for colorida, chapéu em tons neutros. Para chapéu colorido, roupa neutra. Escolher chapéu no tom do cabelo também é uma ótima pedida para não ficar chamativo.
Está em seu “Bad Hair Day”? 
Não se preocupe, o chapéu resolve esse pequeno problema para você em instantes!

Apesar dessa postagem ser dedicada às mulheres os homens também podem, mas ai a gente volta depois pra contar mais.


BEIJOS E ATÉ BREVE !!








Comentários

Postagens mais visitadas